Dicas
 voltar 
Manutenção Preventiva e Corretiva

Deve ser feita a cada 10.000 km ou 10 meses em média, ou ainda quando notar algum ruído diferente no veículo em uso.

Alguns tipos de ruídos podem parecer banais e trazer sérios danos ao seu veículo.

O tempo e quilometragem citados acima são valores médios, pois devem ser respeitadas as especificações de tempo de revisão determinadas pelo fabricante.

Todo fabricante de automóvel faz um plano de manutenção, de modo que o quilômetro rodado saia o mais barato possível. Porém, o carro é um bem de consumo, que consome combustível, óleo, água, seguro, emplacamento, manutenção preventiva e alguma manutenção corretiva. Desta maneira, vamos utilizar esse lindo invento, que nos dá tantas alegrias e é tão importante para nossas vidas da melhor e mais barata maneira possível, através da manutenção preventiva.
Pense em seu veículo como se ele fosse um avião, que também transporta pessoas. Imagine o problema que causaria se a manutençào do avião não fosse executada preventivamente e quando chegasse na aterrisagem não houvesse mais freios. Nos veículos, acontece a mesma coisa.

Imagine você em uma serra ou baixada e, quando acionar o freio, você começar a escutar aquele famoso barulho de "ferro com ferro". Isso quer dizer que as pastilhas de freio estão no final e você não revisou o sistema preventivamente. No final da viagem, com certeza você terá que encontrar algum lugar para efetuar a manutenção corretiva, a qual na maioria das vezes não irá possuir as peças para o reparo, além de aproveitar a situação para cobrar "o olho da cara". Ah, é claro, além de que será necessário substituir os discos de freio, que provavelmente estão com sulcos, devido a utilização de pastilhas além do limite.

topo
  
Confira:
Outras dicas
Todos os direitos reservados